Share on facebook
Share on linkedin

Com Inteligência Artificial, rede de ensino superior privado consegue diminuir a evasão universitária

O Grupo Multivix e a Cognitivo.AI se uniram para desenvolver um projeto de predição de evasão de alunos, usando Inteligência Artificial.
Reproduzir vídeo


O CLIENTE

Grupo Multivix, há 20 anos no mercado do ensino superior e com forte presença no modelo EAD. Usam processo de matrículas 100% digital, desde antes da pandemia.

O DESAFIO

Diminuir a evasão de alunos. Mesmo com uma taxa abaixo da média nacional, que é de 35%, o Grupo Multivix queria diminuir a evasão dos alunos, principalmente no modelo EAD, que costuma sofrer mais nessa questão. O time de retenção da empresa atuava só quando o aluno os procurava já para falar que queria sair ,e reverter a evasão nesse momento é muito difícil. No Brasil, não encontraram nenhuma solução pronta e adequada para reverter a situação. As opções disponíveis usam variáveis simplistas demais para identificar com assertividade os alunos que pretendem desistir e não possuem poder de personalização para a realidade e experiência da Multivix.

A SOLUÇÃO

Criar um sistema usando inteligência artificial que analisa variáveis personalizadas para a predição de casos de evasão de alunos dos cursos de EAD. Dentre todas as variáveis possíveis analisadas, foram selecionadas as 12 com o maior valor preditor e que geram resultados interpretáveis para a equipe de retenção agir rapidamente antes que os alunos tomem a decisão de abandonar a faculdade.

O RESULTADO

O sistema personalizado foi implementado no final do primeiro semestre de 2020 e tem um índice de acerto de 70%. Isso significa que de cada 10 alunos que o sistema identifica que podem evadir, 7 realmente estão considerando deixar a faculdade. Com o trabalho da equipe de gestão de retenção do Grupo Multivix, a empresa consegue agora manter 29% desses alunos que estão ainda pensando em desistir.

Com a solução da Cognitivo.ai e o trabalho da equipe de retenção da Multivix, a empresa agora consegue reverter 29% das desistências dos alunos identificados com potencial de abandonar o curso.

No Brasil, o mercado da educação superior registrou crescimento na última década, como mostram os dados do último Censo da Educação Superior. Entre 2009 e 2019, o número de matrículas aumentou 43,7%, com domínio da rede privada: a cada quatro alunos, três estão matriculados em instituições pagas. Ainda de acordo com o estudo, um dos fatores decisivos para esse crescimento foi a expansão da oferta de cursos à distância. Mas o mercado do EAD tem na evasão um dos principais vilões. 

 

Foi para atacar esse problema que o Grupo Multivix e a Cognitivo.AI se uniram com o objetivo de desenvolver um projeto de predição personalizado, usando inteligência artificial. O desafio: criar um sistema capaz de identificar quais alunos poderiam desistir do curso, para garantir que as equipes de retenção ajam antes que eles tomem a decisão de abandonar a faculdade.

 

Com mais de 20 anos de experiência no mercado do ensino superior, o Grupo Multivix tem conhecimento consolidado no uso de seus dados. O CIO da empresa, Alessandro Ventorin, explica que desde 2012 a organização trabalha com esse pensamento inovador de digitalização e padronização dos processos. Essa visão de inteligência de negócios dentro da área de TI proporcionou a criação de vários projetos de dados. 

 

Hoje, os alunos da instituição contam com games, aplicativos exclusivos e um processo de matrículas 100% digital, implantando antes mesmo da pandemia. “A gente vinha num processo de crescimento do digital nessa ideia de inovação. E como a casa estava arrumada, a gente chegou num momento de estrutura organizacional e de tecnologia que a gente pode parar e pensar um passo à frente, em criar projetos inovadores como esse da predição de evasão”, explica Ventorin. 

 

O sistema de predição criado em parceria com a Cognitivo.AI tem sido muito importante para o crescimento do Grupo Multivix. Giulianno Bresciani, gerente corporativo de Marketing, detalha que o custo de captação dos estudantes é muito alto, com investimentos em mídia tradicional, eventos, serviços de simulados online para ENEM, testes de carreiras gratuitos, entre outros recursos. Tudo com o objetivo de iniciar uma relação com esse potencial aluno ainda no Ensino Médio. O esforço mostra resultado: são 34 mil estudantes e um crescimento no EAD, que dobrou nos últimos dois anos, com planos de expansão para outros estados além de Minas Gerais e Espírito Santo, onde a empresa começou. 

 

Mesmo com uma taxa de evasão abaixo da média nacional, que é de 35%, o investimento na captação é grande demais para depois perder esse estudante. “Identificamos que o nosso time de retenção atuava quando o aluno nos procurava já para falar que queria sair. E você reverter isso é muito complicado. A gente começou a pesquisar um modelo de predição que nos desse os sinais antes do aluno tomar essa decisão”, diz Bresciani.

 

Alessandro e Giuliano se uniram e estudaram a fundo o assunto, voltando-se para o mercado internacional para encontrar as variáveis que influenciam estudantes a desistirem de um curso superior: distância da faculdade, notas, engajamento em sala de aula, desempenho nas certificações de ensino médio, etc. No Brasil, eles só encontraram no mercado opções de sistemas prontos, que usavam variáveis muito comuns, e entenderam que precisavam de um serviço personalizado, que pudesse computar outros aspectos os quais eles julgam importantes num sistema de predição de evasão. 

 

Foi essa possibilidade de criar um sistema sob medida que os atraiu para trabalhar com a Cognitivo.AI. Unidos, Marketing e TI montaram uma lista de 20 variáveis para que a equipe de especialistas da Cognitivo.AI criasse um modelo do zero. “O pessoal comprou a ideia, a gente começou a desenvolver primeiro para o ensino presencial, porém, mudamos para o EAD porque, embora tivesse menos histórico de dados, a mensuração é mais fácil”, explica o gerente corporativo de Marketing do Grupo Multivix.

 

O CIO do Grupo Multivix, relata que o sistema foi desenvolvido a quatro mãos. “A equipe da Cognitivo.AI trouxe a visão especialista da inteligência artificial, machine learning, da ciência de dados, enquanto a nossa TI tinha a visão técnica e também do negócio, da base de dados, do histórico de dados; as duas equipes trabalharam juntas nisso”, relembra o executivo. Ele acredita que o sucesso do projeto também se deu pelo envolvimento de outros times da sua empresa, como as áreas de tutoria, financeiro e gestão de retenção, que usariam o produto final.

 

Os resultados não poderiam ser melhores. O sistema personalizado de predição de evasão para EAD foi implementado no Grupo Multivix ao final do primeiro semestre de 2020. Com os resultados da análise em mãos, as equipes traçaram um plano de ação em cima de cada uma das 12 variáveis do sistema. O modelo teve um índice de acerto de 70%, ou seja, de cada dez alunos que o sistema identificou que poderiam evadir, sete realmente estavam querendo deixar a faculdade. 

 

Com o trabalho da equipe de gestão de retenção, a empresa conseguiu manter 29% desses alunos que pensavam em desistir. “A gente está com um ano de projeto e o projeto já está pago. Nós também podemos afirmar que tivemos melhores indicadores na queda da evasão de alunos. Mesmo em período de pandemia, a gente conseguiu ter indicadores de rematrícula melhores que no período anterior”, comemora o CIO do Grupo Multivix.

A gente está com um ano de projeto e o projeto já está pago.

Alessandro Ventorin, Gerente de TI do Grupo Multivix

 

Com essa diminuição na evasão dos alunos, o próximo passo é melhorar também a captação, e o Grupo Multivix vê no sistema desenvolvido em parceria com a Cognitivo.AI um forte aliado. “Se a gente conhecer tão bem os motivos da possível evasão, se a gente conhecer o perfil das pessoas que evadem menos, a gente consegue trabalhar melhor a captação, direcionando os investimentos de marketing de maneira mais assertiva”, explica Giuliano Bresciani, gerente corporativo de Marketing. 

 

E daqui pra frente? Os planos são continuar investindo na inteligência de dados, agora com a criação de um sistema de predição de evasão para o ensino presencial, projeto que já está em andamento com a Cognitivo.AI. O Grupo Multivix também prevê a criação de uma área de dados própria; o foco é ser um player líder e inovador no mercado do ensino superior privado.

 

“A gente vê a importância disso dentro da instituição e um dos pontos importantes é justamente essa personalização, como o que tivemos com a Cognitivo.AI. Hoje, a gente trabalha com plataforma de código aberto, projeto aberto de inteligência artificial, softwares livres, soluções que podemos adaptar livremente”, diz Alessandro Ventorin, CIO do Grupo Multivix.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close Bitnami banner
Bitnami