Share on facebook
Share on linkedin

4 exemplos de inteligência artificial para aplicação em empresas

Se alguém pedir a você para citar exemplos de inteligência artificial que fazem parte da sua rotina, você teria facilidade em responder? Às vezes parece que inteligência artificial está relacionada apenas a situações muito específicas e distantes da realidade comum. Mas, na verdade, temos contato com IA todos os dias.

 

Para começar por algo bastante simples, podemos citar os corretores ortográficos das ferramentas de edição de texto. E não para por aí – as aplicações de IA são muito variadas e beneficiam tanto as empresas que desenvolvem produtos e serviços quanto os usuários dessas soluções.

 

Neste artigo, vamos explorar alguns exemplos de inteligência artificial e mostrar como essa tecnologia está se disseminando, com potencial para revolucionar aspectos importantes dentro e fora das empresas. É definitivo: negócios que desejam acompanhar o ritmo do mercado não podem perder a IA de vista!

exemplo de inteligência artificial

Alguns exemplos de inteligência artificial

Ainda é bastante frequente a associação direta entre inteligência artificial e robótica. Mesmo que os robôs possam ser um exemplo de IA, a tecnologia possui outras funcionalidades e já está sendo amplamente utilizada em diversas áreas.

 

A seguir, listamos alguns exemplos de inteligência artificial que deixam evidente a abrangência de aplicabilidade e o impacto na vida das pessoas.

Recomendação de conteúdo e compras

Quando você faz pesquisas em um e-commerce e, depois, começa a receber e-mails com indicações de produtos na mesma linha, é porque um sistema de inteligência artificial identificou o seu perfil com base em padrões de comportamento.

 

Essa é a lógica por trás das sugestões de filmes e séries no Netflix e de músicas no Spotify. Quanto mais você usa os aplicativos, mais refinadas ficam as recomendações.

Indicação de rotas

Outro exemplo de inteligência artificial é a tecnologia utilizada nos aplicativos de trânsito. As indicações de rotas são aprimoradas continuamente a partir da experiência dos usuários, considerando diferentes contextos. Por exemplo, quais são os caminhos preferidos dos motoristas quando a rota principal está congestionada.

Serviços financeiros

Os bancos digitais agradam a muitas pessoas pela facilidade no acesso aos serviços. Mas para que seja possível operacionalizar o mercado financeiro no ambiente on-line, a inteligência artificial precisa entrar em cena.

 

Algumas aplicações da IA nesse segmento são para análise e aprovação de crédito, monitoramento dos padrões de consumo, cibersegurança e assistência na gestão de investimentos.

Tecnologia em saúde

A inteligência artificial auxilia profissionais de saúde na análise de exames e histórico dos pacientes para chegar a um diagnóstico assertivo. Também é usada nos estudos de novos medicamentos e no desenvolvimento de robôs para execução de procedimentos.

O que é inteligência artificial

Afinal, do que se trata a inteligência artificial e por que essa tecnologia tem capacidade para oferecer suporte a aplicações tão diversas?

A inteligência artificial é um ramo das ciências da computação que desenvolve sistemas capazes de simular a cognição humana. Ou seja, podem resolver problemas e aprender com as situações às quais são expostos.

Mesmo seguindo a mesma linguagem da programação convencional, a inteligência artificial tem como diferença a forma de interpretação dos dados, buscando se aproximar do que acontece nas conexões neurais humanas.

 

Com essa estrutura, a inteligência artificial permite que as máquinas estabeleçam combinações específicas de acordo com os dados que são disponibilizados.

 

A lógica da IA está sustentada no deep learning (aprendizado profundo, em português), que consiste no processamento de um grande volume de dados em diversas camadas que formam uma rede neural.

 

Os algoritmos de IA fazem com que as máquinas aprendam com os próprios raciocínios. Isso quer dizer que a eficiência aumenta à medida que mais dados são inseridos no sistema.

4 aplicações da IA em empresas

Com alto nível de complexidade, as tecnologias de inteligência artificial oferecem inúmeras vantagens para as empresas.

 

Automação de tarefas, redução de custos e falhas operacionais, agilidade em processos, decisões mais assertivas – esses são só alguns dos ganhos que os negócios podem ter ao aplicar a IA em demandas internas.

 

Confira abaixo quatro funcionalidades da inteligência artificial no meio corporativo.

Previsão de demanda

A aplicação de IA para previsão de demanda beneficia toda a cadeia de suprimentos de uma empresa. Com esse tipo de informação, é possível planejar de forma muito mais assertiva aspectos como fornecimento de matéria-prima, produção, distribuição, estoque e entrega ao cliente. 

 

A inteligência artificial analisa um grande volume de dados, incluindo variáveis internas e externas, para chegar a projeções próximas à realidade.

 

Os sistemas de IA identificam padrões a partir do processamento de dados e geram informações sobre a demanda de consumo em cenários a curto e longo prazo.

 

Diversos problemas logísticos são evitados com uma tecnologia eficaz de previsão de demanda. Por exemplo, a empresa evita despesas desnecessárias com produção e armazenamento de uma quantidade excessiva de produtos ou perda de vendas por oferta insuficiente.

Classificação de clientes e eventos

Essa é uma das aplicações mais clássicas da IA nas empresas.

 

A classificação de clientes favorece, por exemplo, negócios que atuam com serviços de recorrência, como instituições de ensino. Nesse ramo, a IA pode ser usada para avaliar diferentes grupos de alunos e apontar quais apresentam maior probabilidade de evasão.

 

No caso das classificações de eventos, esse termo se refere a uma ampla variedade de situações. Empresas que atuam com transações podem explorar a inteligência artificial para analisar variáveis e categorizar qualquer transação suspeita.

Identificação de padrões de consumo

Você já viu por aqui que existem sistemas de IA por trás das recomendações que aparecem nos aplicativos de música e plataformas de streaming.

 

Essa aplicação se sustenta na identificação de padrões de consumo. Em nível de usuário, a IA agrupa pessoas que possuem hábitos semelhantes e faz recomendações com base no comportamento de cada perfil.

 

Mas as empresas podem optar por outras perspectivas de análise. As recomendações de market basket, por exemplo, estão relacionadas aos itens. Nesse caso, o sistema de IA é guiado pela seguinte lógica: pessoas que compram determinados produtos têm tendência de também adquirir outros com características específicas.

 

Também vale mencionar as recomendações por sazonalidade – padrões de consumo que consideram critérios de tempo, como dia e horário. É por causa desse tipo de análise que, se você acessar um aplicativo de entregas no domingo à noite, provavelmente verá em destaque sugestões de pizzaria.

Interpretação de texto

Negócios que lidam diariamente com um volume extenso de informações textuais podem tirar proveito da IA na análise e interpretação de texto. 

 

O sistema de IA faz uma varredura no texto e o analisa em busca de informações úteis. Essa automação agiliza processos e permite que o conteúdo seja endereçado diretamente às pessoas responsáveis pelas próximas ações. 

 

Essa é uma aplicação de grande valor para escritórios de advocacia ou de contabilidade.

 

São muitas possibilidades que a IA oferece. O primeiro passo para as empresas que desejam aproveitar o potencial da tecnologia é compreender as próprias necessidades em relação ao contexto em que estão inseridas.

 

Soluções de IA personalizadas contribuem de forma muito mais efetiva para que a inteligência artificial faça realmente diferença na gestão do negócio.

 

Conheça a metodologia da Cognitivo.AI para transformar dados em poder de decisão de forma alinhada com a realidade da sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close Bitnami banner
Bitnami